25 de Julho de 2016

Querem ser competitivos? Não compitam. Colaborem!

GC_GALILEU_Competitividade_Header

Desde a publicação, em meados da década de 80 do século passado, de um célebre artigo académico de Michael
Porter, que as Empresas (os Estados e até as pessoas) têm perseguido ideais de competitividade e desenvolvido estratégias de diferenciação competitiva.

Com que resultados? Para a generalidade das Empresas, os resultados foram bons em horizontes de curto prazo.
No médio-longo prazo, a verdade é que os resultados são muito questionáveis.

Pode consultar o artigo completo na Edição #01 da Revista Game Changer

por Carlos Paz
Professor no ISG e docente no Fast Track MBA GALILEU