8 de Junho de 2017

Os jovens não são todos iguais!

Na verdade, é frequente sentir alguma estranheza relativamente aos artigos que frequentemente leio sobre as “gerações”, sobretudo, os Millennials e os Z.

As generalizações, por definição, são abusivas e quando tentamos caracterizar 2,5 milhões de pessoas (quantidade de jovens com menos de 24 anos, segundo o INE), naturalmente, podemos antecipar que imenso do que será dito não terá correspondência com a realidade.

Em bom rigor, porque estou com os Z e com os Millennials com bastante frequência em contexto académico, seja no Pitch Bootcamp (+9000 jovens em 87 edições em 15 países) ou em eventos onde participo, todos me parecem diferentes e peculiares entre si.

Pode consultar o artigo completo na Edição #04 da Revista Game Changer

por MIGUEL GONÇALVES
comandante executivo SPARK