12 de Fevereiro de 2020

O que é viver numa cidade feliz?

  

Smart Cities. Novas Tecnologias. Sustentabilidade. Cidadãos. Quatro conceitos intrinsecamente ligados e que pretendem ser sinónimo de um futuro inovador, sustentável, com as pessoas no centro da estratégia para aquilo que acreditamos serem as cidades do futuro. Mais do que criar cidades inteligentes, o futuro passa pela criação de um ecossistema completo de cidades felizes. Mas há (ainda) algumas coisas que precisam de ser feitas.

O que é viver numa cidade feliz?

É viver numa cidade onde o foco é o bem-estar das pessoas. Onde o cidadão está no centro de tudo o que acontece. Onde se estimulam práticas e políticas que melhorem a qualidade de vida das pessoas. Mas a força não pode vir só das cidades. Tendencialmente, por mais que as cidades pensem um passo à frente, as pessoas são o principal motor para que isso aconteça. E isso começa na nossa preocupação com a sustentabilidade do Planeta e com o pensar no impacto ambiental de cada uma das nossas ações. Se pensarmos no panorama português atual, percebemos claramente que não há nenhum Governo (nem governante), que consiga ter sucesso na implementação de medidas em prol da sustentabilidade ambiental, se não houver envolvimento das pessoas. E temos de reconhecer que, enquanto cidadãos, criticamos muitas vezes a tomada de decisão política em diversos quadrantes (porque faz parte da nossa natureza sermos críticos), mas não olhamos para a nossa própria ação individual, ignorando a correta adoção das medidas propostas.

Consulte o artigo completo na Edição #9 da revista Game Changer

por

Diana Marques
Communication Manager
UBIWHERE

www.ubiwhere.com