20 de Setembro de 2017

O design thinking e a revolução digital

O Design Thinking, enquanto abordagem centrada no ser-humano, tem vindo a ser usado por muitas empresas com um mindset de inovação.

O Design Thinking reconhece que qualquer organização que queira fazer uma inovação disruptiva tem de usar a empatia para compreender as preocupações, motivações e expectativas do cliente/utilizador. O Design Thinking é um processo estruturado e criativo de geração de ideias, é colaborativo e interdisciplinar porque envolve pessoas de diferentes áreas e com diferentes formas de olhar para o problema.

É um processo iterativo que estimula o pensamento divergente, fomenta uma passagem rápida das ideias “fortes” a teste em diferentes fases do processo (não esperando que o processo esteja concluído), procura ouvir o feedback dos clientes/utilizadores, introduzir as melhorias sugeridas, abandonar ideias que não fazem sentido e partir para novas ideias, gerando maior inovação para as organizações.

Pode consultar o artigo completo na Edição #05 da Revista Game Changer

por CARMEN ALMEIDA
HR & Training Consultant Trainer, Problem Solver Facilitator, Design Thinking Facilitator