22 de Março de 2017

Esta não é mais uma análise de tendências!

Todos os anos surge uma panóplia de estudos e tendências nas várias áreas, no marketing não é exceção. Novas técnicas, metodologias, tecnologias e muitas outras variáveis que tornam o comportamento do consumidor um desafio constante. Por vezes focamo-nos nos aspetos mais futuristas destas tendências e esquecemo-nos da sua aplicabilidade já no presente, queremos ser inovadores e trendy, mas sem querer definir uma estratégia sustentada quer na comunicação, quer na gestão do próprio negócio que terá que se adaptar a essa realidade.

Muitas empresas procuram acompanhar todas as tendências, e bem, mas esquecem-se, muitas vezes, do objetivo final, a satisfação e experiência do consumidor. Apesar de não ser uma novidade, a experiência do consumidor era já abordada por Philip Kotler, conhecido como um dos “pais do marketing” que previa que a aquisição e fidelização de clientes na era da globalização passaria por tornar o consumidor uma parte integrante e participativo nas relações comerciais com a marca, sendo o grande desafio, proporcionar-lhe a melhor experiência com efeitos duradouros.

Pode consultar o artigo completo na Edição #03 da Revista Game Changer

por RÚBEN PIO 
Digital Marketing e Training Consultant GALILEU